Snapchat

Bom dia, pessoal!

Tudo bem?

Eu sou a Marcella, irmã mais nova da Gabi.

Eu passei um mês em NYC e ela me pediu para eu dar minhas dicas aqui para vocês, espero que vocês gostem!

Resolvi dividir o post, para não ficar muito grande… Daí eu posto esse nessa semana e o outro na próxima.

Nesse agora eu vou contar um pouco da minha experência por lá e, se algum de vocês estiver indo passar um tempo fora, mesmo ser ser Nova York, com certeza vai valer a pena vocês ouvirem minhas experiências por lá.

 

Por mais que eu tenha passado bastante tempo lá, eu estudava de segunda a sexta. Então eu não tinha o dia todo livre para conhecer a cidade toda. Eu já tinha ido, mas quando você vai para um lugar para passar um bom tempo como eu fui, a experiência é totalmente diferente de quando vai passar alguns dias. Você não precisa fazer as coisas com pressa, consegue ter uma rotina nova lá, sabe? Nos dias de semana eu basicamente fazia esporte, estudava e ia ao cinema, ou no máximo jantar fora. Já no final de semana, eu ia para festas, almoçava e jantava em lugares mais legais e tal… Só de escrever isso para vocês já me dá vontade de voltar, é MUITO bom, você se aprende a se virar.

 

Em uma viagem mais longa como essa que eu fiz, eu não fui com o intuito de fazer compras… Fui para estudar, ter minha rotina em um lugar diferente, me virar sozinha, essas coisas… Eu sai do Brasil com uma ideia de quanto ia gastar por dia. Tiveram algumas vezes que eu gostei muito de alguma roupa ou quis ir em algum show por exemplo, daí foi só eu equilibrar os gastos que dava tudo certo.

Eu fui sozinha para lá, depois duas amigas foram me encontrar. Elas só foram passear, então eu encontrava elas quando acabava meu curso – aliás, eu fiz um de inglês na EC e amei!

Foi muito engraçado porque, no começo da viagem, nós sempre ofereciamos para pagar o taxi, para chamar o Uber, essas coisas. No final, quando já estavamos todas falindo, ninguém queria pagar mais nada kkkk.

Nós ficamos em um apartamento no Soho, Downtown. (Alías, quem me ajudou com o apartamento e com o curso em Nova York foi a Juliana, a dona do insta @morandoemnovayork. Hoje em dia somos muito amigas, ela é muito atenciosa e competente)

Bom, nós estávamos no Soho que, na minha opinião, é um dos melhores lugares da cidade. Tem muita gente bonita, restaurantes, bares e baladas super legais. É uma região que não tem muuita turistada porque lá não tem muitos pontos turísticos para conhecer.

Como a gente morou lá e gostávamos de lá, era difícil a gente pegar muito carro para nos locomovermos.

Assim que eu cheguei eu fiz um plano com as bicicletas no Citibank, que funcionam quase igual às do Itau por aqui. Eu fechei um plano de um mês, então eu usava bike para tudo quase.. O meu curso era lá em Uptown, de bike dava uns 40 minutos, mas mesmo assim eu adorava ir. Prefiro usar bike lá porque o transito é um caos, é sempre parado, fora que eu acho a cidade tão maravilhosa que eu adorava ficar passando por todas as ruas olhando todos os detalhes. Claro que, em algumas ocasiões, eu não usava bike. Acho que outra opção ótima é o metro, chega em quase todos os lugares da cidade, não é como São Paulo que tem poucos km… Então quando eu estava atrasada para aula eu pegava metro, quando eu não queria suar na bike para ir à algum lugar eu pegava metrô (até porque era um calor absurdo!), quando queria ir para outro lugar sem ser Manhattan, ocasiões assim…

 

AH, UMA DICA MUITO IMPORTANTE… Se você não tiver internet ilimitada no seu celular, chega na cidade e compra porque faz a maior diferença. Hoje em dia conseguimos encontrar aplicativos para tudo, ou até sites mesmo. Em uma cidade que você não conhece bem, você pode precisar saber de um endereço, como chegar lá, pode se perder, essas coisas. Lá eu usava aplicativo para saber qual linha do metro pegar, aplicativo para ver onde tinha estação de bicicleta citibank, GPS claro sempre comigo, essas coisas.

 

Bom nesse post eu vou falar dos meus restaurantes preferidos lá. Como eu falei nessa última dica, se alguém quiser ir em algum desses restaurantes abaixo, é só digitar o nome dele mesmo no Google Maps que ele já abre o caminho direto, não precisa digitar o endereço certinho.

 

Vamos lá.

Almoço:

  • Bar Pitti: é um restaurante italiano com mesas externas e internas, ambiente descontraído e comida excelente. Amo a burrata, o spaghetti com molho pesto e o spaghetti com molho branco e trufas.
  • Cafe Gitane: AMO! É muito gostoso, amo o couscous de lá.
  • Cafe Habana: Parece uma lanchonete, bem perto do Café Gitane. Vale muito a pena pedir o milho, é apimentado e com um queijo derretido muito gostoso. A guacamole também é uma delícia.
  • Delicatessem: É por ali pelo Soho também, ambiente super gostoso.
  • The Butchers Daughter: É um restaurante vegan, tem muitas opções de sucos muito boas.
  • Jack’s Wife Frieda: Uma delíciaaa também!
  • Mercer Kitchen: Esse é muito bom, um pouco mais caro dos que eu já falei, e a comida é sensacional!!! Tem uma pizza com trufas que é maravilhosa.
  • Balthazar
  • Gemma: Brunch ótimo.
  • The Standard, no Meatpacking.

Jantar:

  • Catch: amo!!! Um dos meus preferidos. É super animado e tem muitos pratos e drinks gostosos. A comida japonesa é bem gostosa, o polvo grelhado é sensacional também. Depois do jantar dá para ir na baladinha que é lá no rooftop do prédio, super legal. (Aliás é uma coisa que falta aqui em São Paulo e lá tem muito. Muitos lugares de brunch e balada são no último andar dos prédios e ao ar livre, a vista é animal)
  • Queen of the night- eu não fui nesse ainda mas dizem que é super legal. Tem shows durante o jantar, você paga uma quantia certa e você tem que ir pegando as comidas que estão servidas nas mesas, então tem que ficar se comunicando com os outros clientes. Parece ser bem interessante.
  • Beauty and Essex: uma delícia, era do lado do no apartamento aliás. O que fizemos todas as vezes que fomos foi pedir várias entradas ao invés de pratos individuais, deu super certo. Tem tantas opções boas de entrada que não precisamos pedir prato principal. Super animado.
  • Tao Downtown (é diferente do Tao em Uptown, que é mais antigo).
  • La Esquina: restaurante “underground” animado.
  • Pulqueria: restaurante “underground”  mexicano, com drinks muito bons.
  • Cherry: asian fusion. Tem a PHD no mesmo prédio, uma balada no rooftop bem legal.
  • Bond Street: japonês delicioso.

 

Não deixem de ir também:

  • LEVAIN BAKERY: MELHOR COOKIE DO MUNDO!!!
  • Big Gay Ice Cream: sorvete super gostoso, sempre tem fila.
  • The Morgensterns: sorveteria muito boa também.

 

 

Nos próximos posts eu vou falar os bares, as baladas, os lugares turísticos, os shows, os programas que eu fui/fiz e gostei!

Espero que estejam gostando!

 

 

Beijos!

Continue lendo

Banner Alekta